O mais provável.

seja bem-vindo(a).
Espero que pense que sou um anjo indefeso e sem
armas emocionais. Apenas declare o que sente. Respeitar ? isso só depende de nós. ah! não vou falar de mim, eu não me entendo. O mais provável é que tire suas próprias conclusões, não esqueça de postá-las, adorarei incluir você no meu mundo.

domingo, 5 de setembro de 2010

Predestinados.





Perdidos em uma sintonia estranha, onde o mundo 
gira em torno de si ou nem gira.
Saíram do eixo, se deixaram levar por uma órbita 
em sincronia contrária.
Afundaram-se no êxtase da "pedra maldita".
A família desestruturada muito ajudou nesse processo de
desintegração do pulmão, mente e espírito onde nem as mais
belas palavras de consolo têm poder.
Cérebros vulneráveis caem na escuridão infinita, sem nenhum
receio de voltar, e logo se incorporam  literalmente na
"geração de zumbis".
Indefesas, sem armas para lutar, crianças estão
predestinadas a carregar o fardo desse distúrbio "crackiano".
Se vêem possuindo instintivamente pertences alheios para que
jamais falte o desejo de consumo, o desejo que as consomem.
Em meio dia se sentem em abstinência compulsiva com uma
obrigação incontrolável de ingerir os "bloquinhos invasivos".
E em um beco sem saída tiram a existência de outro ser para
acabar com o perturbante clamor pela "peste consumista".
Então, choram ao se encontrarem em um "mundo clandestino",
se homicidam em um buraco 
que nem sempre terá um fim.

Crack. Um caminho sem volta. Será ?

Epílogo
Esse texto foi criado em base de um depoimento de um vigilante do Hospital Psiquiátrico Nina Rodrigues, o qual afirmava que 90% dos pacientes do estabelecimento são usuários viciados em crack, uma droga em forma de 'pedrinha' que invade o pulmão e transtorna o cérebro de uma forma inimaginável. Decretou também que presenciava a saída de 10 pacientes todas as manhãs pelo hospital e que no mesmo dia antes das 14:00 hs os leitos outra vez se encontravam lotados, isso diariamente. Afirmou também que a única saída era a busca pela salvação divina. Todos esses dados me comoveram e me instigaram a escrever esse texto. Gostei muito! Obrigado, Seu Paulo !

João Victor Silper
05-09-10

6 comentários:

  1. muito bom joão! na minha opinião tú merece total reconhecimento / melhor poeta dos últimos tempos!
    -perfeitoooo',

    ResponderExcluir
  2. vlw brother.. | tbm qeria total reconhecimento. rsrs' || o melhor? Tomara !
    Amo <3'

    ResponderExcluir
  3. ai ai, esse menino naum tem jeito mesmo! sabe achar as mais belas palavras para falar sobre um assunto ki naum eh nada bonito...te adoro Victor..lindo poema ♥

    PS: Para sempre meu poeta^^

    ResponderExcluir
  4. oxi , amr.
    Obrigadãoo !!
    nun é nada bonito msmmo. hehe'
    mas foi muito prazeroso fazer.
    obg, msmo. =*

    PS: Para sempre minha leitora.~~

    ResponderExcluir
  5. Tbm gosteii muito. Obrigada, João!

    ResponderExcluir